Tuesday, December 9, 2008

Acerca de mim...

Hoje deu-me para pensar. Eu penso bastante, mas se calhar não naquilo que devia, como em mim, naquilo que sou, naquilo que me rodeia.
Bem, foi isso que me deu para fazer: pensar em mim. Não de uma maneira egocêntrica, mas de modo a pôr em perspectiva o que sou.
Eu já sabia que era um ser complexo, se calhar mais complexo do que pensava. Foi bom fazer uma paragem neste momento e fazer uma reflexão.
E vamos às coclusões a que cheguei:

-Julgava-me imune a muitas coisas e afinal não sou. Sou tão humana quanto o mais humano dos humanos. Sinto dor, alegria, tristeza...
-Não sou mais uma no meio da multidão. A nível de aparência física isso é evidente. A minha experiência mais recente provou-me isso: experimentem entrar numa sala em que a maioria, senão mesmo todas, as pessoas têm cabelo, pele e olhos escuros e vocês não são muito altos, ams têm pele, olhos e cabelo claro. A sensação de todos os olhos estarem a olhar para nós é arrepiante. Gosto de um estilo "vintage" sóbrio destacando-se unhas e lábios vermelhos com um cabelo claro. Distingo-me por gostar de coisas esquisitas que não lembra a ninguém. Livros antigos que nunca ninguém leu e que não está minimamente interessado em ler, entre outras coisas.
-Distingo.me por não seguir o que os outros pensam e criar uma opinião própria sobre tudo que me leva por vezes a ser um nadinha má para com os outros nas minhas posições muito radicais.
-Não sou uma pessoa fechada a coisas novas que possam despertar a minha curiosidade e possam contribuir para o meu crescimento.
-Não gosto muito de computadores, não sei porque, não é uma mania, é algo que nunca me despertou a atenção e se não forem os outros a chamarem-me a atenção muitas coisas passam-me ao lado no campo das novas tecnologias.
-Sou uma pessoa que absorve tudo o que é bom e mau. Emoções, pensamentos, palavras e imagens. Tenho olhos de lince e ouvidos de tisíca.
-Por vezes sou tão insensível que só reparo no mal que fiz depois de o fazer. Os meus amigos que o digam. A vocês peço-vos desculpa. Estou a tentar melhorar, prometo.
-Já não sou tão impulsiva, fruto de algum trabalho meu, mas mais de quem me ajudou a perder essa impulsividade. Tenho de reconhecer isso. Mas contínuo a dizer quantidades absurdas de coisas que saiem sem eu pensar, o que se relaciona com o tópico de cima, magoar os meus amigos. Mas eu prometo que vou melhorar.
-Perdi a gargalhada característica, não que ultimamente tenha muitos motivos para sorrir, mas depois deste semestre, se sobreviver, prometo que vão ver um sorriso, ou se calhar até ouvir uma gargalhada tão característica.
-E por fim, para terminar este post, não que tenha terminado esta reflexão acerca de mim, sinto estou no bom caminho para me tornar alguém melhor. As manias de grandeza e a frieza com que falo de certos assuntos, nem sempre reflete aquilo que realmente sinto. Por vezes, a maioria, ou melhor 99,9%, é simplesmente algo que sai, sem pensar, porque também tenho esses momentos.

E no fim disto tudo, é perceber que sou humana, não sou a super-mulher e as coisas afectam-me da mesma maneira que afectam alguém que está do outro lado do oceano. Com a diferença que provavelmente eles têm o inglês como língua primeira e eu tenho o português... (Sim, eu sei que não parece, mas o português é a minha primeira língua. Estou a precisar de aulas para voltar a afinar.)

2 comentários:

Mario d' Almeidici said...

K post tão bonito Lúcia. Gostei mesmo.

Isa said...

És quem és.
Aquela minha amiga com quem cresci, com quem, na verdade, apesar da distância que o quotidiano e vidas separadas impõe, não consigo viver sem.

És humana, sim. Tens defeitos e qualidades. Mas se há uma coisa que és incondicionavelmente para mim é uma amiga. Não, mais, uma irmã!

Desculpa se não estou tão presente quanto gostaria. Só gostava que soubesses que estás sempre presente na minha mente, que fazes parte da minha vida e sempre farás.

Sim, és tu. A Lucinda, a única! E eu adoro-te tal e qual como és. Só para que nunca te esqueças disso...nem nunca te esqueças de mim, pode ser?

Bjo grande! =)