Thursday, February 12, 2009

Mondnacht, Eichendorff

Hoje deixo-vos aqui, meus caros leitores, mais uma pérola da literatura alemã. Espero que apreciem. A tradução desta vez não é minha. Encontrei esta e achei que estava tão perfeita, que qualquer uma feita por mim não seria melhor. É um poema de Eichendorff, que mais tarde Schumann musicou. Deixo-vos também a música de Schumann. Para finalizar, deixo-vos o original em alemão, para quem perceber, ou para quem simplesmente tem curiosidade em saber como é.






mondnacht- eichendorff. schumann. p. schreier.mp3 - Schumann

Noite de luar

"Foi como se o céu beijara
Toda a terra, devagar,
E que ela, em halo de flores,
Ficasse co'ele a sonhar.

O ar passou pelos campos,
Espigas a baloiçar,
Bosques sussurraram manso
Tão clara a noite ao luar.

E a minh'alma abriu as asas
Largas - e pôs-se a voar:
E voou por sobre as terras
Como p'ra casa a voar."

(Tradução de Paulo Quintela)


Mondnacht
"Es war, als hätt der Himmel
Die Erde still geküsst,
Dass sie im Blütenschimmer
Von ihm nun träumen müsst.

Die Luft ging durch die Felder,
Die Ähren wogten sacht,
Es rauschten leis die Wälder,
So sternklar war die Nacht.

Und meine Seele spannte
Weit ihre Flügel aus,
Flog durch die stillen Lande,
Als flöge sie nach Haus."

Eichendorff

3 comentários:

ematejoca said...

Minha cara loirinha:
Há mais de mil lendas, mas dessa
gostei muito. Sei quase de cor a Mondnacht do Eichendorff. Lindo.

Quando fazes a tradução do Poe? A tua outra tradução, se não te importares, levo-a para o "ema tejoca azul".

Não vejo aqui no teu blogue, os prémios, que já te ofereci. Mesmo assim aí vão mais dois. Claro, que não somos amigas, mas a Literatura Alemã aproxima-nos.

Adoro as tuas visitas.

:'Daniela said...

eu tambeeeeeeem =D
podes delirar à vontade xD *

Mario d' Almeidici said...

Estas tuas perolas sao lufadas de ar fresco. :D